Save money: 10 shows gringos imperdíveis nesse final de ano

Já estamos em setembro! SE-TEM-BRO. É assustador como o tempo passa rápido. Praticamente ¾ de 2016 já virou história, então vou poupar o sofrimento do leitor e deixar pra lá a ideia de resgatar os shows sensacionais que tivemos nesse ano. Pra que ficar se remoendo pelo passado, não é mesmo? Bora olhar pra frente, pro futuro.

Abaixo, o Buda fez uma lista com 10 shows gringos imperdíveis que vão rolar no Brasil nos próximos 4 meses. E tem muita coisa boa, então programe-se e guarde esse 13º aí porque olha, não tá muito barato, não. 


WHITESNAKE

(20, 22, 23 e 25/09 e 02/10)

Diz alguns que essa passagem do Whitesnake no Brasil pode ser a despedida de David Coverdale das arenas. Com 65 anos nas costas e mais de 40 de carreira, o vocalista comenta o possível adeus aos palcos no material de divulgação da turnê. Não se sabe a veracidade da informação, mas é certeza que os fãs brasileiros desse dinossauro do rock estão bem contentes com as várias apresentações da banda em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba. Os britânicos trazem ao país a turnê “Greatest Hits World Tour” com um repertório cheio de clássicos, que certamente vai incluir esse hino:  


ESPERANZA SPALDING

(21/09)

Como não amar Esperanza Spalding? Referência na cena jazz, a cantora norte-americana desembarca no Brasil para apresentação única em São Paulo para divulgar seu último trabalho, o álbum “EMILY D+ REVOLUTION”. O show é para apresentar as novas canções, que são ótimas, mas claro que o setlist vai ter algumas das músicas que a colocou entre as artistas mais interessantes na música hoje em dia.


DISCLOSURE

(30/09 e 02/10)

O elogiado show do Disclosure no Lollapalooza em 2014, um dos melhores daquela edição, deixou o público pedindo bis. O duo inglês retorna ao país para mandar aquele som viciante e cheio de personalidade em São Paulo e Rio de Janeiro. Com pouco tempo na estrada, os músicos já gravaram singles com jovens artistas em ascensão, como AlunaGeorge, Eliza Doolittle e Sam Smith, cuja parceria estourou com a música abaixo:


AEROSMITH

(11, 15 e 21/10)

Esse é obrigatório! Steve Tyler e toda a trupe passa pelo Brasil em outubro com a turnê “Rock n’ Roll Rumble – Aerosmith Style 2016”, com uma setlist abarrotada de clássicos e aquela energia surpreendente que faz o público soar por todos os poros nos shows da banda. Essa será a sexta vez que o Aerosmith toca por aqui. As cidades escolhidas para as apresentações foram Porto Alegre, São Paulo e Recife.


FOALS

(19/10)

O Foals anunciou no início do ano shows em São Paulo e no Rio, porém em virtude da saúde de um dos integrantes, os fãs do Rio ficaram chupando dedo. A banda, no entanto, permaneceu com a apresentação para outubro na capital paulista no intimista Cine Joia. Show para poucos e bons. De origem britânica, o Foals é uma das bandas mais legais do rock alternativo em atividade, né? Não dá para negar. E a performance do quinteto é explosiva e delirante em cima dos palcos. A turnê é para a divulgação do quarto disco, “What Went Down”.


THE KOOKS

(26 e 27/10)

Depois do Lolla do ano passado, o The Kooks volta ao Brasil para lançar seu último álbum, "Listen", considerado pela própria banda o melhor da carreira. Além das novas faixas, o show contará com uma setlist recheada de hits dos quatro discos gravados pelo quarteto de Brighton. Os valores dos convites, tanto em São Paulo quanto no Rio, variam de R$ 100 a R$ 600.


GUNS N’ROSES

(08, 11, 15, 18 e 20/11)

Prepare o bolso! Com ingresso até R$ 1.200, os Guns n’ Roses levam para cinco cidades (Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília) em novembro a turnê “Not in This Lifetime Latin America Tour/2016”, em que Axl e companhia vão performar composições inesquecíveis da banda. Tá liberado chorar.


AIR

(15/11)

Na ascensão da música eletrônica nos anos 1990, materializada em bandas como The Chemical Brothers e Daft Punk, lá na França a pequena Air começou a mostrar a cara em pequenas casas. Quando lançou o álbum de estreia, “Moon Safari”, em 1998, entrou com os dois pés na porta da cena e “Sexy Boy” virou um hino. Com certeza, esse clássico do gênero vai estar na set do duo francês no show que farão no festival Popload Gig em São Paulo em comemoração aos 20 anos de carreira.


EDWARD SHARPE AND THE MAGNETIC ZEROS E COURTNEY BARNETT

(16/11)

Esqueçam Edward Sharpe. Tô brincando, eles são legais, a música tem uma vibe gostosa, mas vamos focar no que importa aqui: a cantora australiana Courtney Barnett. Indicada ao Grammy na categoria Artista Revelação, essa guria de apenas 28 anos foi comparada a David Bowie e tem um apelo musical que remete a uma jovem PJ Harvey. Barnett não liga pra fama, tem um selo independente e sempre dá a impressão de que só está de passagem. Mas esperamos que sua trajetória seja longa e próspera. Ela, junto com ESandTMG, são as principais atrações do segundo dia do Popload Gig, em SP.


BLACK SABBATH

(28 e 30/11, 02 e 04/12)

Direto do quinto dos infernos, o príncipe das trevas Ozzy Osbourne traz seus satanismos ao Brasil para a encerrar a agenda de shows de 2016(66) com chave de ouro. Apresentações em Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo.