5 videoclipes imperdíveis lançados no primeiro trimestre

Já estamos em abril!

¼ do ano foi enterrado e parece que ontem a gente estava agradecendo que 2015 era coisa do passado. Pois então, 2016 está passando na velocidade da luz, tanto que está meio tenso colocar em dia todos os lançamentos do mundo da música. Em apenas três meses, vários artistas de tarimba lançaram álbuns e/ou videoclipes e é normal a gente não dar conta de acompanhar tudo, afinal de contas, tem os estudos, trabalho, família e as festas de formatura dos amigos (melhor época).

Mas o Buda está aqui para te dar um update! Teve Primal Scream, Jaloo, Years & Years, Miike Snow, Grimes, Tyler, the Creator e uma porrada de cantores e bandas que já começaram o ano sacudindo tudo. Mas para o gosto do Buda, esses são os 5 videoclipes que mais merecem destaque:

#5 Of Monsters and Men – Wolves Without Teeth

Deixando um pouco de lado o universo fantástico que sempre investiram em seus clipes, os islandeses do Of Monsters and Men mantém os pés no realismo e fazem bonito nesse vídeo romântico, levemente melancólico e com aquela coreografia bacana que você, eu sei, tentou fazer na sua festa de debutante.

#4 Rico Dalasam – Riquíssima

“E aí, beeeee?” Da periferia de Taboão da Serra (SP), onde bebia tubaína no saquinho, para o combo Chadornnay + queijo brie de Paris, Rico Dalasam rompe com o estereótipo do rapper brasileiro e adiciona toneladas de ousadia à cena, sendo talvez o principal representante atual do movimento queer rap. Em “Riquíssima”, ele dá um rolê por algumas cidades europeias, dá uma ostentada, mas nunca nega as origens. Pura ferveção.

#3 The Last Shadow Puppets – Aviation

Sete anos depois, Alex Turner e Miles Kaneretornam com o The Last Shadow Puppets e lançam nessa semana ainda o novo álbum da banda. Desde o ano passado, estavam soltando alguns singles, sendo um deles o ótimo “Aviation”, que veio embalado nesse clipe sensacional da dupla cavando a própria cova à beira-mar porque eram amantes de uma mulher casada. História econômica, bem contada e um clima cheio de tensão. Os caras voltaram com tudo!

#2 Massive Attack feat. Young Fathers – Voodoo In My Blood

Inspirado no terror clássico “Possessão” (1981), filme bizarro em que uma mulher mantém uma relação extraconjugal com um monstro (!), os britânicos do Massive Attack lançam esse videoclipe incômodo que coloca a atriz Rosamund Pike tendo um ataque epilético em uma performance perturbadora. Estranhíssimo, mas observem esse jogo de câmera brilhante e pra quem já assistiu o filme, a homenagem é mais que válida.

#1 Beyoncé – Formation

A cantora Beyoncé entrou em 2016 com os dois pés na porta. Além da apresentação do single “Formation”, no Super Bowl, em que suas dançarinas estavam vestidas como os Panteras Negras, ela lança dias depois o videoclipe engajado da mesma canção, que traduz com inteligência a ação truculenta da polícia com os negros, a comunidade vodu, o período escravocrata e a autoproclamação do orgulho de ter o nariz arredondado e o cabelo crespo. “Formation” entrou pra história.